quinta-feira, 9 de abril de 2009

Cadel:Maior Centro Acadêmico do Norte do Brasil será dirigido pela UJS

Chora, não vou ligar
Chegou a hora
Vai me pagar
Pode chorar pode chorar (mais chora!)
É, o teu castigo
Brigou comigo
Sem ter porquê
Eu vou festejar, vou festejar
O teu sofrer, o teu penar

Você pagou com traição
A quem sempre lhe deu a mão



Foi essa a música mais cantada ontem por militantes da UJS na festa da vitória da eleição do Cadel.O "PIRIQUITO" ficou pequeno para conter tanta alegria.A vitória no Centro Acadêmico de Direito da UFPA demonstra o crescimento da UJS na Universidade Federal do Pará,apresenta aos estudantes a possibilidade de ter na direção do M.E da Ufpa uma politica consciente,ampla e de luta.
Venceu ontem a UJS , em especial nosso valoroso núcleo da UFPA, venceu ontem a UNE,venceu ontem o camarada Fausto ,venceu ontem a UNIDADE da maior organização de juventude do Brasil.
Esse é o começo , agora é preparar o exercito e vencer o o DCE.

4 comentários:

Natasha disse...

Acredito que nessa vitória as alianças foram fundamentais, pois possibilitaram a formação de uma Chapa coesa que conseguiu derrotar uma monopolização do CA que vinha acontecendo há anos, e isso só prejudicava os acadêmicos de direito, que como o Leopoldo mesmo disse só podiam optar pelo 'pior' e pelo 'menos pior'. Com essa vitória tudo muda, teremos daqui pra frente um CA combativo, a favor dos estudantes e da educação de qualidade.
Todos que lutaram para que isso hoje acontecesse estão de parabéns pela linda vitória...
ao Alan um companheiro muito combativo, ao Fausto um camarada incansável, a todos os integrantes da chapa e a todos os militantes da UJS, que realmente mostraram que 'da unidade vai nascer a novidade'...
e que venha o DCE, pq o CADEL já é nosso!

causaeefeito disse...

pow, Rodrigo! dou a maior força pro crescimento do movimento estudantil! e contribuo ainda hoje com isso! mas apoiar um movimento dirigido por legendas partidárias... ai já é demais! ainda bem que as coisas estão mudando e já existe composição de outras legendas e até mesmo apartidários!!! só falta mesmo agregar aqueles que se afastaram por causa da politicagem!!!
se for isso, contem com o meu apoio! abs do amigo Democrata Gilton Paiva

Henos Silva disse...

É isso aê Rodrigo, o CADEL precisava de folego novo... Acredito que mais do que uma vitória do Movimento "Pra Fazer Direito", esse sentimento de unidade já é um relfexo ou mesmo ainda uma preparação pras proximas batalhas do ME.
2009 é ano de CONUNE é natural que disputas sejam travadas, e foi muito saudável perceber que a chapa do Mov. DM, soube, não diria perder, mas reconhecer suas falhas, fruto de um desgaste natuaral de 6 anos a frente do CA.
Vi em outra postagem do teu Blog, a iniciativa da DS, força política que organiza o Mov. DM em fortalecer uma aliança ampla e com a UJS para o próximo CONUNE.
E isso é fundamental para que o ME continue trilhando um caminho vitorioso.

Abraço.

Henos Silva - Preisdente da União Acadêmica Paraense.

Anônimo disse...

Por favor, divulgue este e-mail no quadro de avisos do Diretório de Direito. Proteja o Bacharel em Direito.

SOLUÇÃO LEGAL CONTRA EXAME DA OAB:
• JÁ EXISTE UMA SOLUÇÃO LEGAL PARA ESTE ASSUNTO NO CONGRESSO NACIONAL, O PROJETO PLS 186/06;
• JÁ FOI APROVADO NA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA (CCJ) EM PRIMEIRA FASE, NO CONGRESSO NACIONAL;
• O PLS 186/06 PREVÊ A EXTINÇÃO DO EXAME OAB SUBSTITUINDO-O POR UM ESTÁGIO OBRIGATÓRIO;
• MANDE SEU EMAIL FAVORÁVEL A ESTE PROJETO DE LEI EXTINGUINDO O EXAME OAB SUBSTITUINDO-O PELO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO, EXPONDO TAMBÉM SEUS MOTIVOS PARA: scomce@senado.gov.br dirigido ao Presidente da Comissão, e à Vice-Presidente;
• ACOMPANHE NO SITE DA INTERNET DO SENADO FEDERAL O ANDAMENTO DO PLS 186/06;
• ACIONE TAMBÉM SEU SENADOR (CASO NÃO TENHA, ADOTE UM DO SEU ESTADO) NESTA CAUSA, E DEPOIS QUANDO ESTE PROJETO FOR À CÃMARA PRESSIONE O SEU DEPUTADO FEDERAL (CASO NÃO TENHA ADOTE UM DE SEU ESTADO) MANDE SEU RECADO;
• É fundamental a mobilização da sociedade estudantil de Direito, enviando cartas, e-mails, fax e telegramas ao Presidente da Comissão em questão, depois AOS SENADORES E DEPUTADOS FEDERAIS, pedindo a inclusão em pauta da proposta e APROVAÇÃO DA MESMA;
• O Congresso Nacional se move com o rufar dos tambores das ruas. EXERÇA SEU DIREITO DE IGUALDADE A OUTRAS PROFISSÕES: O DIREITO DE TRABALHAR AO SE FORMAR;
• DIVULGUE ESTA INFORMAÇÃO AOS SEUS COLEGAS ESTUDANTES DE DIREITO EM TODAS AS CLASSES;
• O ANDAMENTO DESTE PLS 186/06 NÃO É DIVULGADO PELOS CURSINHOS DE ADMISSÃO NA ORDEM POR MOTIVOS ÓBVIOS.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS:
• PLS 186/06, de autoria do Senador Gilvam Borges (Senador em 2006, mas não reeleito), altera os artigos 8º, 58 e 84 da Lei nº 8.906, de 4 de julho de 1994, abolindo o Exame de Ordem, necessário à inscrição como advogado na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB);
• Agora (Ano 2010), o referido projeto está na Comissão de Educação, Cultura e Esporte, pronto para ser apreciado;
• A pauta de votações de plenário é decidida pela reunião de líderes de todos os partidos em conjunto com o Presidente. As pautas de votações das Comissões são decididas pelos seus presidentes.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

• Atualmente há uma indústria do EXAME OAB (Cursinhos, apostilas, etc.);
• Quem vai regular a contratação dos Advogados é o Mercado e não o exame. Caso fosse assim não teríamos conhecido a Lei da Relatividade em que seu autor um dia foi reprovado em Matemática;
• Anos atrás caiu a obrigatoriedade de EXAME DO CRC, para aprovar os formandos em Contabilidade, isto é, já houve precedente, e o Mercado está aí funcionando normalmente, nenhum Balanço Contábil saiu errado, etc, etc;
• Toda profissão é necessária ter um estágio. Por exemplo, existe a Residência Médica para o médico, o estágio Trainee para o Engenheiro, o estágio para o Técnico de Segurança e assim por diante;
• O que não pode, é um jovem formar-se Bacharel, e não poder trabalhar, enquanto que seu colega formado em outra profissão começou a trabalhar, “tocando a vida”, e ainda eventualmente chamando o colega Bacharel de “burro, incompetente” por não ter passado no exame da OAB;
• Por favor, derrubem esta lei INCONSTITUCIONAL e DISCRIMINATÓRIA que desestimula o jovem formando em Bacharel.