quinta-feira, 31 de maio de 2012

10 anos do Portal Vermelho


PHS volta para Igor Normando e apoia Priante


Presidente Por um dia
Depois de Telmo Lima Marinho assumir no ultimo dia 29/05 a direção do PHS - Partido Humanista da Solidariedade Pará ,ontem 30/50 Igor Normando volta para à Presidência Regional da legenda, os porques não ficaram muito claros... mas pelo jeito as coisas voltam para os eixos.

JUSTIÇA ELEITORAL


CERTIDÃO

Certifico que, de acordo com os assentamentos da Justiça Eleitoral, o(s) Membro(s) abaixo relacionado(s):


Nome
Título Eleitoral
Cargo
Exercício
IGOR WANDER CENTENO NORMANDO
054483011384
PRESIDENTE
29/05/2012 Fim da vigência indeterminado - ATIVO

Faz(em) parte do seguinte orgao partidário: 
Partido Político:PARTIDO HUMANISTA DA SOLIDARIEDADE - PHS

Orgão Partidário:Comissão Provisória

Abrangência:ESTADUAL - PA

Protocolo:285042012Data Protocolo:30/05/2012 14:42:22
Vigência:Início:29/05/2012 Fim da vigência indeterminado

Logradouro:RUA DOS MUNDURUCUS - 1955 PRÉDIO "A"Cidade:BELÉM / PA
Bairro:BATISTA CAMPOSCEP:66.033-718
Telefone:(91)3276-7327Fax:
E-mail:


Código:R/DJ.YITQ.CECF.$NWB.
Certidão emitida às:31/05/2012 11:15:07





  • Esta certidão é expedida gratuitamente. Sua autenticidade poderá ser confirmada na página do Tribunal Superior Eleitoral na Internet, no endereço: http://www.tse.jus.br/partidos/partidos-politicos/validar-certidao.




  • As informações constantes desta certidão retratam o conteúdo dos assentamentos da Justiça Eleitoral na data e hora de sua emissão, o que não impede a ocorrência de alterações futuras nestas informações.




  • Os dados partidários de abrangência nacional são de responsabilidade do TSE e os de abrangência regional/municipal são de responsabilidade dos respectivos tribunais regionais.



    Fonte:marcosduartepa.blogspot.com.br

  • Fiéis conhecem o cartaz do Círio 2012. Veja!




    Um dos símbolos mais conhecidos e esperados do Círio foi apresentado aos fiéis. O Cartaz do Círio de Nazaré 2012 foi revelado, na noite desta quarta-feira (30), durante uma missa celebrada pelo Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira.



    Milhares de fiéis se reuniram na Praça Santuário e conheceram o Cartaz, que este ano tem o tema 'Ao Pai, por Cristo, no Espírito Santo, com Maria e do jeito de Maria'. Segundo Padre José Ramos, Reitor da Basílica Santuário e presidente do Círio, o tema está 'em conformidade com o Ano da Fé'. O evento fez parte da programação dos seis anos de aniversário da Basílica como Santuário Mariano da Arquidiocese de Belém.



    Uma das novidades para este ano é que não há mais estampado no Cartaz o dizer '2º Domingo de Outubro', como nos anos anteriores. A frase foi substituída pela data exata do evento: 14 de outubro de 2012.

    Outra novidade é que a peça terá, este ano, a maior tiragem de todos os tempos, com a confecção de 890 mil exemplares, sendo 630 mil pela Diretoria da Festa e os outros 260 mil por empresas parceiras. Número que segundo o Dieese no Pará (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), que acompanha em números a produção do Cartaz, o aumento crescente no número de unidades produzidas de 2000 até agora, representa um aumento de 154% na reprodução deste símbolo do Círio.

    Produção - O símbolo foi produzido de forma voluntária pela Agência Mendes Comunicação, com a foto de destaque assinada pelos fotógrafos Guy Veloso e Luiz Braga. Padre Ramos aproveitou também a oportunidade para agradecer à todos que trabalharam para que a peça ficasse pronta.

    Quem quiser adquirir exemplares do Cartaz, poderá comprá-lo pela quantia de R$1,50 nas lojas Lírio Mimoso, localizada ao lado da Basílica e no Boulevard Shopping.

    Fonte:Redação Portal ORM
    Fotos: Tarso Sarraf (O Liberal)

    Estudantes organizam protesto pelo Arquivo Público do Pará

    A partir das 9h30 desta quinta-feira (31) representantes de entidades ligadas à salvaguarda do patrimônio arquitetônico e histórico de Belém, estudantes, pesquisadores, professores universitários, profissionais da área da arquivologia, entre outros, promoverão um ato em defesa do Arquivo Público do Estado do Pará (Apep), localizado na rua Campos Sales, 237, no Comércio.

    Intitulado Ato em Defesa da Memória, o protesto vai ser realizado em frente ao prédio, tendo, entre outras atividades, a coleta de assinaturas, que deverão ser encaminhadas à Secretaria de Estado da Cultura (Secult), à qual o Apep é vinculado, solicitando providências para reverter a situação precária do órgão, e ao Ministério Público, para que interceda na questão.

    O abaixo-assinado já se encontra disponível virtualmente no site Petição Pública, através do link http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2012N25086. O movimento também conta com uma página no Facebook.

    Informações: Adriana Coimbra (8398.7238), Luciana Batista (8357.3692), Ethel Valentina (9196.1120)

    Fonte: Portal UFPA

    quarta-feira, 30 de maio de 2012

    Jorge Ben Jor em Belém 2012: Show é dia 1 de junho na AP

    O cantor carioca Jorge Ben Jor vem à Belém apresentar seu novo show 'Libertá',  no primeiro dia de junho de 2012, na Assembléia Paraense, a partir das 21h. Os ingressos podem ser adquiridos no shopping Boulevard, e na bilheteria da AP.

     

     Serviço

    Jorge Ben Jor em Belém em 2012

    Data: 1 de Junho de 2012
    Local: Salão de Festas - Assembléia Paraense,
    Horário: 21:00 h.
    Ingressos Jorge Ben Jor em Belém em 2012
    Mesas: R$ 400,00
    Camarote: R$ 100,00
    Pista: R$ 40,00.
    Onde comprar: Shopping Boulevard
    Outras informações: 3181-9975

    Paraenses vão ter fórum para propostas para Rio+20


    Paraenses vão ter fórum para propostas para Rio+20 (Foto: Reprodução / Diário do Pará)
    (Foto: Reprodução / Diário do Pará)

    Discutir as questões socioambientais é dever de todos. O assunto, por sinal, tem sido recebido cada vez com mais interesse pelos cidadãos, pelo setor empresarial e pelo poder público. Nesse contexto, a Rio+20, Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável vai reunir Chefes de Estado no Rio de Janeiro, no próximo mês de junho. Mas para garantir que a reunião não seja fechada e restrita a eles, a sociedade civil está se organizando para também ter voz no evento. A Rede Brasil Amazônia de Comunicação através do Diário do Pará e da RBA TV também se mobilizaram para assegurar participação da sociedade paraense na Conferência.

    O grupo irá promover nos dias 11 e 12 de junho um seminário que discutirá os temas da Rio+20, pela visão e anseios dos paraenses, o Fórum Pará + Rio + 20. Serão dois dias de debates entre jornalistas, sociólogos, cientistas, representantes das classes empresariais - em especial, as empresas de mineração, como a Vale - representantes dos órgãos governamentais, do Poder Executivo, do Poder Judiciário e da sociedade civil.

    Serão quatro eixos principais de discussão: a educação e ciência para um futuro sustentável da Amazônia; a conservação da biodiversidade; a importância da água para o desenvolvimento sustentável e uma política pública voltada à sustentabilidade.

    Para que essa discussão não se restrinja ao Fórum, ao fim dos debates um documento será elaborado com as questões levantadas e entregue ao Comitê Preparatório da Rio+20. Esse comitê estará reunido no Rio de Janeiro com os representantes governamentais para decidirem quais serão os documentos adotados na Conferência.

    A RBA quer estimular uma intensa participação da população na Rio+20, para isso, além do documento, uma comissão escolhida durante o FÓRUM PARÁ + RIO + 20 irá participar dos eventos programados pela ONU para a sociedade civil na Conferência, entre os dias 16 e 19 de junho. Todas as despesas dessa comissão serão custeadas pelo Grupo RBA de Comunicação.

    E se alguém não puder participar do fórum, poderá acompanhar a cobertura completa e as principais questões discutidas pela RBA TV e o jornal Diário do Pará. Um caderno especial será publicado também no DIÁRIO DO PARÁ com as conclusões dos debates do FÓRUM PARÁ + RIO + 20. Para o diretor-geral do Grupo RBA, Camilo Centeno, a iniciativa deve alertar a população para a importância do debate socioambiental. “Nós já temos procurado fazer ações de sustentabilidade, usamos equipamentos gráficos que reduzem uso de químicos, diminuímos o uso de água na empresa. Tudo isso porque estamos preocupados com essa questão ambiental. Na verdade, o mundo está preocupado. E a Rio+20 está se aproximando e a gente percebe que a sociedade paraense ainda está distante disso. Por isso criamos esse evento do Pará se somando a Rio +20. Queremos contribuir para a discussão e fazer nosso papel como empresa de comunicação, propor, promover a clareza de ideias”, aponta.

    Diálogos serão a voz da sociedade civil
    A importância da sociedade civil na conferência é tão grande que está sendo vista também pela organização do evento. A Rio+20 promoverá os Diálogos para o Desenvolvimento Sustentável, um espaço para a sociedade, o setor privado, as ONGs e a comunidade científica.

    Os governos e agências das Nações Unidas não participarão desses diálogos, que acontecerão entre os dias 16 e 19 de junho. Ainda assim, as recomendações que resultarem dos diálogos serão encaminhadas diretamente aos chefes de Estado e de Governo participantes da conferência.

    O projeto Diálogos está sendo lançado por meio de uma plataforma digital, o site www.riodialogues.org. Ele vai criar um espaço de discussão, os debates online. Cada um dos dez temas que serão discutidos durante os diálogos serão facilitados por pesquisadores renomados. A plataforma está acessível em quatro idiomas (português, inglês, francês e espanhol) e também contém uma ferramenta de tradução instantânea para 40 idiomas.

    Cúpula dos Povos da Rio + 20 abre inscrições
    Estão abertas desde terça-feira (29) as inscrições individuais para a Cúpula dos Povos, evento da sociedade civil paralelo à Rio+20. Cada inscrição custará R$ 10 para quem quiser ajudar a financiar as atividades, mas o pagamento não é obrigatório.

    O evento vai ocorrer no Aterro do Flamengo (RJ), entre os dias 15 e 23 de junho. Reunirá organizações não governamentais, movimentos sociais e coletivos para discutir o desenvolvimento sustentável com base na justiça social e ambiental, segundo os organizadores.

    Por meio do pagamento das inscrições, os organizadores querem arrecadar cerca de R$ 12 mil e financiar coletivamente a infraestutura da cúpula. O dinheiro será usado no pagamento de diárias, viagens e alimentação de ativistas que participarão do evento.

    Quem optar por pagar a taxa deve acessar a página de crowdfunding (financiamento coletivo) na internet e entrar no projeto Cúpula dos Povos. Lá, o participante poderá doar quantias a partir de R$ 10 e escolher como recompensa o certificado de participação no evento. O pagamento pode ser feito por cartão de crédito, boleto bancário ou débito na conta-corrente. A transação exige um cadastro rápido que leva cerca de três minutos. Ainda oferece condições de pagamento com cartões de crédito internacionais para estrangeiros.

    SEGURANÇA
    A prefeitura do Rio divulgou ontem (29) o planejamento operacional para a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), durante os dias 13 a 22 de junho. O ordenamento urbano e de trânsito terá nas ruas 3 mil agentes públicos, incluindo homens da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio), Guarda Municipal, Companhia de Limpeza Urbana (Comlurb), Ordem Pública, Saúde e Conservação. Os detalhes do planejamento para a conferência foram apresentados pelo prefeito Eduardo Paes, juntamente com os secretários diretamente envolvidos no evento. O prefeito admitiu que as intervenções no trânsito vão prejudicar a mobilidade do carioca, mas pediu apoio da população. Para diminuir o impacto no trânsito, foi decretado ponto facultativo nas repartições e haverá feriado escolar na rede pública e privada durante o período do evento.


    Fonte:(Diário do Pará e Agência Brasil)

    Festival de cinema resgata luta contra a ditadura no Brasil


    Um festival que pretende resgatar a verdade sobre a dituradura militar no país. É o que se pode esperar do "Cinema Pela Verdade", que promoverá, gratuitamente, até o dia 6 de junho, sessões com cinco filmes nacionais escolhidos sobre o tema com o objetivo de discutir os acontecimentos daquele tempo. Para tanto, foram organizados debates que acontecerão sempre após a exibição do filme. A mostra acontece nas 27 capitais do país.






    Os bate-papos serão sempre com especialistas ou pessoas que tenham vivido de perto o período de repressão militar no Brasil. O festival começou ontem (28), no Centro Universitário Cesmac, em Maceio (AL) e passará por outras 80 universidades brasileiras.

    O evento é resultado do edital "Marcas da Memória", da Comissão de Anistia, que financia cerca de 20 projetos, dos mais variados segmentos, sobre a ditadura. Os filmes selecionados foram: "Cidadão Boilsen" (2009) de Chaim Litewski; "Condor" (2007), de Roberto Mader; e "Hercules 56" (2006), de Silvio Da-Rin. Além desses, o projeto também vai contar com a participação especial de mais duas obras: "Diário de uma busca" (2010), de Flavia Castro; e "Uma longa viagem" (2011), de Lucia Murat, lançamento de 2012.

    Para a produção do “Cinema Pela Verdade”, o ICEM conta com 27 “Agentes Mobilizadores”, isto é, universitários previamente selecionados e treinados de cada capital que serão responsáveis por articular localmente as exibições nas universidades, divulgar o evento, ajudar na pesquisa de pessoas para compor as mesas de debates, além de escrever relatório acadêmico sobre cada sessão.



    Mais informações na página do evento, em rede social aqui

    Confira a programação nas diversas cidades:

    Maceió (AL)
    Local: Centro Universitário CESMAC – Auditório da FECOM
    Datas: 28, 29 e 30 de maio
    Horário: 18:30h

    Feira de Santana (BA)
    Local: Faculdade Anísio Teixeira – FAT – Auditório da FAT ,Ed. Rosilda Dantas
    Data: 28 de maio
    Horário: 18:30h

    Local: Universidade Estadual de Feira de Santana – UEFS -Auditório 3, Módulo 4
    Datas: 29, 30 e 31 de maio
    Horários: 29 e 31/ 05às 15:30h, 30/ 05 às 18:30h

    Fortaleza - CE
    Local: Universidade de Fortaleza – Unifor – Sala de cinema
    Datas: 30 e 31 de maio
    Horário: 13h30; 14h

    São Luís (MA)
    Local: Instituto Federal do Maranhão – IFMA – Auditório Augusto Caffas
    Datas: 28, 29 e 30 de maio
    Horário: a definir

    João Pessoa (PB)
    Local: Universidade Federal da Paraíba – UFPB – Auditório 412do CCHLA
    Datas: 30 e 31 de maio; 1 de junho
    Horário: a definir

    Teresina (PI)
    Local: Faculdade Piauiense – FAP – Auditório Central da FAP
    Datas: 29 e 30 de maio
    Horário: 18:30h

    Natal (RN)
    Local: Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN -Auditório da Biblioteca Central Zila Mamede
    Datas: 28 e 29 de maio
    Horário: 28(14h, 18h) e 29 (9h)

    Local: Universidade Potiguar – UnP – Sala de Cinema da Unidade4
    Datas: 30 e 31 de Maio
    Horário: 16:00h

    Aracaju (SE)
    Local: Instituto Federal do Sergipe – IFS – Mini Auditório II
    Datas: 28 e 29 de maio
    Horário: a definir

    Campo Grande (MS)
    Local: Universidade Federal do Mato Grosso do Sul – UFMS
    Datas: 28 a tarde 29 e 30 de Maio 18h as 21h
    Horário: 18h às 21h

    Rio Branco (AC)
    Local: Faculdade da Amazônia Ocidental – FAAO
    Datas: 28 e 29 de maio
    Horário: 19:00h

    Manaus (AM)
    Local: Universidade Federal do Amazonas – UFAM
    Data: 30, 31 de maioe 01 de junho
    Horário: 8:30h , 14h, 8:30h

    Belém (PA)
    Local: Faculdade Piauiense – FAP
    Data: 29 e 30 de Maio
    Horário: 18:30h

    Porto Velho (RO)
    Local: Faculdade Católica de Rondônia – FCR
    Datas: 29 e 30 de maio
    Horário: 19:00h

    Local: União das Escolas Superiores de Rondônia – Uniron
    Data: 31 de Maio
    Horários: 14h e 19:30h

    Boa Vista (RR)
    Local: Universidade Estadual de Roraima – UERR
    Datas: 30 e 31 de Maio
    Horário: 18:30h

    Vitória (ES)
    Local: Faculdade Brasileira – UNIVIX
    Datas: 29 e 30 de maio.
    Horário: 19:00h

    Belo Horizonte (MG)
    Local: Centro UniversitárioUNA – Auditório 2 da UNA, Campus Aimorés
    Datas: 28 e 29 de maio
    Horário: 19:00h

    Local: Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais -PUC Minas – Auditório Campus Barreiro e Auditório Campus São Gabriel
    Datas: 31 de Maio e 04 de Junho
    Horário: 19:00h

    Rio de Janeiro (RJ)
    Local: Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ – Auditório Cartola
    Data: 28 de Maio
    Horário: manhã e à noite com debate

    Local: Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ – AuditórioIFCS e Auditório COM,
    Datas: 30 e 31 de maio e 06 de Junho
    Horários: 30 (13 hs) e 31 (18hs) de maio e 06 de Junho (18:30hs)


    Fonte: Vermelho

    Mudança na direção do PHS no Pará..! Quem ganha com isso?

                                                             JUSTIÇA ELEITORAL


                                                                   CERTIDÃO

      Certifico que, de acordo com os assentamentos da Justiça Eleitoral, o(a) Senhor(a) TELMO LIMA MARINHO (título eleitoral: 000197921309) é PRESIDENTE (exercício 24/05/2012 a Indeterminado) do orgão partidário, abaixo discriminado:

          Partido Político: PHS - 31 PARTIDO HUMANISTA DA SOLIDARIEDADE
          Orgão Partidário: Comissão Provisória Abrangência: ESTADUAL - PA
          Vigência: Início: 24/05/2012 Final: Indeterminada
          Código: E6JW.PVJI.VZK/.#NZZ.
         Certidão emitida às: 29/05/2012 13:34:07

     Esta certidão é expedida gratuitamente. Sua autenticidade poderá ser confirmada na página do Tribunal Superior Eleitoral na Internet, no endereço: http://www.tse.jus.br/partidos/partidos-politicos/validar-certidao.

     As informações constantes desta certidão retratam o conteúdo dos assentamentos da Justiça Eleitoral na data e hora de sua emissão, o que não impede a ocorrência de alterações futuras nestas informações.

    Os dados partidários de abrangência nacional são de responsabilidade do TSE e os de abrangência regional/municipal são de responsabilidade dos respectivos tribunais regionais.



          Foi amplamente divulgado  nos meios políticos e nas redes sociais a mudança na direção estadual do PHS no Pará.O presidente do PHS até a mudança era o Jovem IGOR NORMANDO, ex-presidente da Juventude do PMDB e apoiador da campanha de Priante a prefeitura de Belém.
        Com a mudança na direção do PHS , presidido agora pelo Advogado Telmo Marinho, Priante perde um partido que já estava fechado com sua candidatura..Agora resta saber se o PHS vai de Zenaldo ou com o candidato do Duciomar????

    terça-feira, 29 de maio de 2012

    Diretores de Re-Pa pensam em clássico no domingo


    Apesar de não fazer parte dos planos dos técnicos Flávio Lopes e Roberval Davino, há uma possibilidade real de um clássico Re-Pa para o próximo domingo (3). O jogo, além de movimentar as equipes e mostrar os novos contratados aos torcedores, deve servir principalmente para gerar receita financeira para os rivais.

    Em entrevista a uma rádio de Belém, o membro da comissão responsável pelo futebol do Paysandu Alex Lima acenou positivamente para a realização do amistoso.

    “Nós temos que pensar em uma maneira alternativa para gerar receita e pagar os nossos funcionários. Se não começar o campeonato e se for viável economicamente e tecnicamente nós concordamos em jogar o Re-Pa, porque nós precisamos mostrar para os torcedores do Paysandu as novas contratações”, explicou Lima.

    Na mesma rádio, o diretor de futebol do Remo Hamilton Gualberto falou que vai consultar o treinador Flávio Lopes, mas que o clássico é importante para gerar receita para pagar os salários de jogadores e comissão técnica do Leão.

    O jogo pode ser realizado caso a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não confirme o começo das séries C e D para o próximo domingo. 

    Fonte:(DOL)

    Amazônia + 20 debate economia verde


    Os efeitos prejudiciais das mudanças climáticas serão capazes de provocar uma perda de quase R$ 800 bilhões no Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil até 2050, segundo dados apresentados pelo economista Marcelo Diniz, diretor do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal do Pará. “É o risco de não se dar importância a esse problema. As mudanças climáticas impõem uma necessidade de as economias criarem condições internas para mitigar esses efeitos e tornar isso oportunidade de mercado”, afirmou Diniz durante a mesa-redonda “Economia verde e inclusão social”, no primeiro dia do seminário Amazônia + 20, realizado na UFPA.

    Economia verde, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU) seria uma economia que resulta em melhoria do bem-estar da humanidade e igualdade social, ao mesmo tempo em que reduz significativamente riscos ambientais e escassez ecológica. Essa tem sido a mais recente palavra que passou a entrar no vocabulário do chamado desenvolvimento sustentável. Tem pautado teoricamente municípios e governos. “Dá a possibilidade de criar um novo quadro, mas não muda efetivamente o modelo capitalista”, diz o sociólogo Alberto Teixeira, 53, mediador do debate. De acordo com a ONU, o crescimento de renda e de emprego deve ser alavancado por investimentos públicos e privados que reduzem as emissões de carbono e poluição e aumentam a eficiência energética e o uso de recursos, além de prevenir perdas de biodiversidade, que hoje é um risco real. “A perda da biodiversidade é grave. Considerando-se o ritmo do desmatamento das florestas tropicais, o risco de extinção de espécies pode chegar a 0,014%. Parece pouco, mas não é”, afirmou Diniz.

    O seminário Amazônia + 20 é uma das atividades preparatórias da UFPA para a Rio + 20, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, evento realizado entre os dias 13 e 22 de junho no Rio de Janeiro. “O grande debate é o modelo de desenvolvimento que queremos. E as universidades têm de ser agentes desse processo”, disse Alberto Teixeira, um dos organizadores do seminário. A abertura do evento previa uma conferência da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, que não ocorreu. O reitor da UFPA Sérgio Maneschy homenageou o ambientalista Camilo Viana, inclusive com o anúncio de um prêmio para práticas ambientais sustentáveis que leva o nome de Viana, um dos pioneiros das causas ambientais na universidade. O seminário encerra hoje com mais três debates que envolvem a discussão dos territórios de populações tradicionais, serviços ambientais e o futuro da Amazônia.


    Fonte:(Diário do Pará)

    Séries C e D podem começar no próximo domingo


    Séries C e D podem começar no próximo domingo (Foto: Arte DOL)
    (Foto: Arte DOL)

    A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pretende cassar, até esta terça-feira (29), as liminares de Treze Futebol Clube (PB) e Santo André (SP), que impedem o começo do Campeonato Brasileiro das Séries C e D.

    Se tudo ocorrer dentro dos planos, os torneios iniciam já no próximo domingo, 3 de junho. O problema é que, caso não ocorra a cassação, duas semanas de atraso vão se formar para as 60 equipes envolvidas nos dois torneio nacionais.

    Todo esse tempo parado deixará de ser benéfico, do ponto de vista físico e tático, e passará a prejudicar financeiramente os clubes, pois todos já começam a perder dinheiro de renda de jogos.
    “Foi bom adiar em uma semana. Mas, se passar a demorar muito, já começa a nos prejudicar. Mais que isso, não será bom”, afirmou Roberval Davino, técnico do Paysandu, domingo, no programa Bola na Torre, da RBA TV.

    O Papão, que deveria ter estreado em casa no último domingo contra o Luverdense (MT), é um bom exemplo de time lesado que começa a ser prejudicado.

    Para os campeonatos começarem logo, as equipes do Brasil e do Treze teriam que retirar suas ações da Justiça comum ou entrar em algum acordo com Grêmio Brasil (RS) e Rio Branco (AC). Mas as duas possibilidades foram descartadas por ambas as equipes.


    Fonte:(DOL, com informações do Diário do Pará)

    PCdoB debate produção, criação e democratização da cultura

     

    Acontece na próxima sexta-feira (1º/6), no Club Homes, em São Paulo, o Encontro Nacional de Cultura do PCdoB. O evento é resultado de um processo iniciado há oito anos — ainda durante o primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ao longo deste período, o Partido promoveu cinco seminários sobre diversos aspectos teóricos e programáticos que englobam a temática cultural brasileira.
     
    Segundo o coordenador nacional de Cultura do PCdoB, Javier Alfaya, o encontro tem um aspecto diferente dos seminários, pois será deliberativo. A intenção é ir além do debate de ideias e definir um plano de ação que sirva para as plataformas eleitorais deste ano e balize a ação dos comunistas nesse terreno. Para Javier Alfaya, a ideia é abarcar diversas esferas tanto no âmbito da produção cultural, o universo da criação, quanto na democratização do consumo de cultura.

    Ele lembra que o direito à cultura é negado por um sistema de dominação midiático viciado e manipulador. E ressaltou também o aspecto econômico da cultura que, segundo estimativas, gira em torno de 8% do Produto Interno Bruto (PIB). É um setor com peso na economia, enfatizou. Javier afirma ainda que outro ponto importante no debate é a produção de equipamentos, a cadeia industrial do setor. Ele ressalta que nesse ramo o Brasil é um país dependente das grandes indústrias estrangeiros. Para ele, o encontro deverá debater esse aspecto da produção cultural.

    Ainda de acordo com o coordenador nacional de Cultura do Partido, no conjunto, a cultura é um tema de grande relevância para o país e vem sendo tratado. Para ele, o PCdoB deve ter uma presença mais efetiva no processo cultural brasileiro. Lembrou que, ao longo da história, os comunistas sempre contaram em seu meio com destacadas personalidades do mundo cultural. Citou Graciliano Ramos, Oswald de Andrade, Monteiro Lobato, Vilanova Artigas, Carlos Drummond de Andrade, Cândido Portinari, dentre tantos outros defenderam ao a paz, a democracia e o progresso social.

    Segundo Alfaya, atualmente o PCdoB alcançou grande prestígio nos meios culturais através da atuação parlamentar, por exemplo, das deputadas Jandira Feghali (Rio de Janeiro), Manuela d’Ávila (Rio Grande do Sul), Perpétua Almeida (Acre) e Leci Brandão (São Paulo). Ele pondera apenas que as iniciativas dos comunistas têm sido dispersas. Alfaya reforça que o encontro terá a finalidade de começar a sistematizar essas experiências e produzir conteúdo para a reflexão dos comunistas. Para essa finalidade foram convidados nomes de peso na cultura nacional. Confira abaixo a programação do evento:

    9h30 – Cultura e Projeto Nacional de Desenvolvimento
    Debatedores: Manoel Rangel; membro da direção nacional do Partido e presidente da Agência Nacional do Cinema. Luiz Carlos Prestes Filho; diretor e roteirista de documentários; professor e pesquisador universitário especialista em economia da cultura; gestor público; diretor do MBA em Gestão Cultural da Universidade Cândido Mendes e autor de diversas obras sobre economia da cultura, carnaval e cadeia produtiva da música.

    14h30 – Arte, Cultura, Mercado e Estado, que relação queremos?
    Debatedores: Gilberto Gil; cantor e compositor – ex-ministro da Cultura. Renato Ortiz; doutor e sociologia, professor da Unicamp e autor de importantes estudos sobre cultura – seu trabalho é centrado nos fenômenos contemporâneos da cultura.

    17h30 – Projeto Cultural para as eleições municipais e plataforma de ação do PCdoB
    Debatedores: Jandira Feghali; deputada federal (PCdoB-RJ); presidente da Frente Parlamentar de Cultura. Leci Brandão; deputada estadual (PCdoB-SP); presidente da Frente Parlamentar de Cultura em SP; cantora e compositora; militante das causas da negritude e combate ao racismo. Luciana Santos; deputada federal (PCdoB-PE); vice-presidente nacional do Partido; ex-prefeita de Olinda – exemplo de gestão pública de cultura.

    Local: Club Homes
    Av. Paulista, 735 - próximo à estação Brigadeiro do metrô


    Fonte: Vermelho

    Blogueiros Progressistas encerram 3º Encontro na Bahia


    O 3º Encontro Nacional de Blogueiros foi encerrado com uma plenária no último domingo (27), em Salvador (BA). Foram três dias de debates e oficinas, reunindo 292 blogueiros e ativistas digitais de 18 estados do país. Na plenária, foi publicada a Carta de Salvador, com os encaminhamentos definidos para o movimento.


    Diversas propostas foram apresentadas e votadas. No campo da ação política, o 3º Encontro de Blogueiros aprovou, por unanimidade, levar a blogosfera para as ruas e participar da ampla campanha pela democratização da comunicação, encampada pelo Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC).

    Além disso, os blogueiros decidiram solicitar uma reunião com a ministra-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Helena Chagas, e o ministro da Comunicação Paulo Bernardo. O movimento pedirá a suspensão da verba publicitária oficial destinada à revista Veja enquanto se apura o envolvimento do veículo com o crime organizado e exigirá a presença de Roberto Civita na CPI do Cachoeira.

    Na eleição da comissão nacional, venceu a proposta de manter os mesmos nomes e mais um de cada estado. Também ficou definido que o próximo encontro será realizada em 2014. Em 2013, no entanto, deve haver a segunda edição do Encontro Mundial de Blogueiros. Segundo Altamiro Broges, presidente do Centro de Estudos Barão de Itararé, a proposta é de os encontros nacionais serem bienais e estes devem ser reformulados. “Queremos um BlogProg com mais cultura, mais gente, mais juventude, mais festa e mais debates. Não podemos repetir o tradicional, se representamos o novo”, afirmou, ainda durante a plenária.

     

    Fonte:Vermelho

    segunda-feira, 28 de maio de 2012

    Assembleia Estadual do Cebrapaz Brasil no Pará


    Local: Auditório da reitoria da UEPA
    Data: 30 de Maio - (Quarta-Feira) - 18:00H


    Presença confirmada da Presidente do CEBRAPAZ - Socorro Gomes
















     Contamos com a presença de todos!

    Conheça a ganhadora da Promoção do Blog do Rodrigo Moraes

    A vencedora da Promoção do Blog do Rodrigo Moraes foi Renata Di Patri. Nossa leitora divulgou nosso blog em sua pagina do facebook e foi sorteada para ganhar o DVD do filme Diário de uma Paixão.


    Ainda essa semana começa uma nova do promoção do Blog do Rodrigo Moraes.

    Marcha das Vadias protesta contra o machismo


    Marcha das Vadias protesta contra o machismo  (Foto: Reprodução/ DOL)
    (Foto: Reprodução/ DOL)

    Mulheres ligadas a grupos feministas e ativistas independentes promoveram na manhã de domingo(27), a Marcha das Vadias. Esta é a segunda edição em Belém. Com o tema “Lugar de mulher é onde ela quiser”, a passeata acontece com o objetivo de provocar a discussão sobre o combate ao machismo.

    O evento estava com início previsto para às 9h, mas com o atraso iniciou apenas às 10h30min. Marcada pela irreverência e protesto de mulheres contra o machismo, a manifestação tráz mulheres vestidas apenas de shortinho e sutiã. "Piriguetes livres", é uma das frases que as mulheres trazem escritas em seus corpos.
    No último sábado (26), a marcha aconteceu simultaneamente em outras 19 cidades do Brasil e do mundo, incluindo Toronto, no Canadá, onde o movimento começou. Entre as cidades brasileiras que participam do protesto estão Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Vitória, São Paulo, São Carlos (SP) e Sorocaba (SP) e Belém (PA).

    Entenda o movimento
    A primeira Marcha das Vadias mundial ocorreu no Canadá, em abril de 2011, motivada pela fala de um policial que, após uma série de estupros acontecidos na Universidade de Toronto, afirmou que as mulheres deveriam evitar se vestir como vadias para não ser violentadas. O episódio deu origem a um movimento global que busca chamar atenção para a cultura machista que sempre ensinou as mulheres a não serem estupradas, ao invés de ensinar os homens a não estuprar. O uso do provocativo termo “vadia” é intencional e denuncia o machismo que classifica as mulheres como “santas” ou “putas”. Desde a primeira manifestação canadense, a marcha vem sendo realizada em vários países, tendo chegado ao Brasil em junho do ano passado.


    Fonte: Diário Online

    Inscrições para o Enem começam hoje pela internet


    Estudantes interessados em participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012 poderão se inscrever a partir das 10h de hoje (28).  O prazo termina em 15 de junho e as inscrições serão feitas exclusivamente pela internet. As provas serão aplicadas nos dias 3 e 4 de novembro.

    No ano passado, o exame recebeu mais de 6 milhões de inscrições. Desde 2009, o Enem ganhou importância porque passou a ser usado por instituições públicas de ensino superior como critério de seleção em substituição aos vestibulares tradicionais. O Enem também é pré-requisito para quem quer participar de programas de acesso ao ensino superior e de financiamento público, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o Programa Universidade para Todos (ProUni) e as bolsas de estudo no exterior do Ciência sem Fronteira.

    A taxa de inscrição permanece em R$ 35. Alunos que estejam cursando o 3º ano do ensino médio em escola pública estão isentos do pagamento, que deverá ser feito até 20 de junho por meio do boleto que será gerado durante a inscrição. Para 2012, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) anunciou mudanças nos critérios de correção da redação com o objetivo de tornar o processo mais objetivo e reduzir a margem de erros.

    O edital com todos os detalhes do Enem 2012 foi publicado sexta-feira (25) no Diário Oficial da União. No primeiro dia do exame, sábado, os participantes terão quatro horas e meia para responder às questões de ciências humanas e da natureza. No domingo, será a vez das provas de matemática e linguagens, além da redação, com um total de cinco horas e meia de duração. A divulgação do gabarito está prevista para o dia 7 de novembro, e o resultado final deve sair em 28 de dezembro. 

    Fonte: Diário Online

    Blogueiros planejam grande mobilização em defesa da Constituição


    O segundo dia do 3º Encontro de Blogueiros começou, (26/5), com um debate empolgante em defesa da blogosfera e da liberdade de expressão.


    Na mesa, Paulo Henrique Amorim, Eduardo Guimarães, Esmael Morais e Emílio Gusmão falaram do uso de ações judiciais como forma de intimidação e tentativa de censura de suas páginas. A mesma experiência foi relatada via telefone por Lúcio Flávio e por outros blogueiros de diversas partes do Brasil durante o debate que se seguiu à exposição dos palestrantes. Cansados de só reclamar, eles defenderam o início de uma grande mobilização nacional pelo cumprimento da Constituição Federal, que garante a liberdade de expressão aos brasileiros.

    A ideia lançada na noite de ontem pelo jornalista e ex-ministro das Comunicações Franklin Martins foi encampada pelos participantes do encontro, que vão propor uma ampla campanha de mobilização nacional em defesa da regulamentação dos artigos da Constituição que tratam da comunicação. “Nada além da Constituição” seria o lema do movimento, que teria o seu auge no dia 5 de outubro, data em que se completa 24 anos de promulgação da Constituição de 1988, com uma grande ação em defesa da Carta Magna brasileira. “Vou pressionar o Miro (Altamiro Borges) para que a Barão de Itararé faça uma grande celebração neste dia”, afirmou Paulo Henrique Amorim, um dos principais defensores da ideia.

    O autor do blog Conversa Afiada tem motivos de sobra para defender a campanha, já que responde atualmente a dezenas de processos referentes a conteúdos veiculados em sua página, 24 deles proposto apenas pelo banqueiro Daniel Dantas. Foi ele quem aconselhou os blogueiros presentes a enfrentar o uso da Justiça como forma de censura e não cumprir a decisões judiciais para a retirada de posts do ar, levando o caso para decisão no Supremo Tribunal Federal. “A Justiça não tem o poder de censura. Só tirem os posts do ar após a decisão do Supremo, porque nenhum juiz tem poder de censura no Brasil”, conclamou.

    Amorim defendeu ainda que os blogueiros transcendam a batalha de judicialização da censura. “Nós fomos responsáveis por um processo político irreversível no Brasil. Antes de nós, o José Serra e o Fernando Henrique Cardoso davam três telefonemas e calavam o Brasil. Hoje isso não é mais possível”, afirmou, acrescentando que é preciso botar mais gente para participar das discussões sobre a blogosfera. “Temos que multiplicar o número de participantes dos debates por mil. O nosso debate não é de blogueiros políticos, é muito mais que isso, é o da democracia”, conclui o jornalista.


    Enfrentamento

    O enfrentamento também foi a solução sugerida pelo presidente do movimento dos Sem Mídia, Eduardo Guimarães em sua exposição. “Eu resolvi ir para o combate com esta gente a algum tempo. Em 2007, eu resolvi pegar um megafone e sair para protestar contra a situação e recebi o apoio de muita gente. Desde então, criamos uma ONG e fomos para o enfrentamento, entrando inclusive com ações contra o PIG”, informou, citando como exemplo do péssimo serviço da grande mídia o clima de medo gerado em torno da vacinação contra a febre amarela em 2008, em que mais pessoas morreram por vacinação indevida, do que pela doença.

    Guimarães ressaltou também a mudança de posicionamento da grande mídia e de parte da sociedade em relação aos blogueiros. “Está havendo uma reação. Eles estão nos xingando e buscando formas de nos intimidar. Antes eles nos ignoravam, mas agora estão reagindo com a judicialização e a ameaças de agressão. As ações não existiam antes porque éramos ignorados. Hoje estamos incomodando e ninguém teria o trabalho de tentar nos intimidar se não estivéssemos incomodando. Por isso, precisamos avançar nesta proposta de uma associação de defesa dos blogueiros em todo o país. Precisamos avançar nisso, pois diante destas ameaças e judicialização, os que têm recursos reduzidos não poderão continuar o seu trabalho”, declarou.

    O Encontro prossegue até domingo, com amplo debate sobre vários temas ligados à defesa da blogosfera, dos blogueiros e da liberdade de expressão.



    Fonte:Vermelho

    sábado, 26 de maio de 2012

    Taxi Driver está na sessão Cult deste sábado no Líbero Luxardo



    Considerado um dos melhores filmes do século passado, venerado pelas performances fortes e realismo extremo, 'Taxi Driver', do cineasta Martin Scorsese será exibido neste sábado (26), às 16h, no Cine Líbero Luxardo (Centur), com entrada franca.

    A produção de 1976, narra a história de Travis Bickle (Robert De Niro), um homem solitário, ex-combatente de guerra, que começa a trabalhar como motorista de táxi em Nova York, principalmente no turno da noite. 

    Ao circular pela cidade, Travis passa a conhecer cafetões, prostitutas, depressivos e nele vai crescendo um sentimento de revolta pela miséria, o vício, e a crueldade que estão sempre à solta.  



    Essa realidade acaba perturbando a mente do personagem que chega a levar Baby (Cybill Sheperd), uma linda garota que trabalha na campanha presidencial de um senador, para assistir um filme pornô, o que é um contraponto a delicadeza com a qual trata Ivi (Jodie Foster), uma prostituta de 12 anos que Travis quer ajudar e ver fora da profissão.

    Mesmo assim, o altruísta motorista de táxi mantém uma obsessão 'belicista' e adquire quatro armas, sendo uma dela um Magnum 44, e articula um atentado contra o senador para o qual Baby trabalha.


    O angustiado retrato de uma geração pelas mãos de um dos mais prolíficos autores americanos rendeu 24 prêmios, inclusive a Palma de Ouro no Festival de Cannes. Claro que Scorsese não poderia partir do zero na composição de sua saga urbana, e o denso roteiro de Paul Schrader foi fundamental para que 'Taxi driver' se tornasse o filme poderoso que é até hoje.

    Após o filme, debate entre o público e membros da Associação de Críticos de Cinema do Pará, que também vão falar do Festival de Cannes.

    Serviço: Sessão Cult apresenta 'Taxi Driver', de Martin Scorsese. Neste sábado (26) às 16h, no Cine Líbero Luxardo - Centur (Av. Gentil Bittencourt, 650). Entrada franca. Classificação indicativa: 14 anos.

    Fonte: Portal ORM

    Descaso: Belém é a pior capital do país em infraestrutura



    Belém é a capital brasileira com os piores índices de infraestrutura urbana no entorno dos domicílios. Essa foi a constatação feita pelo estudo 'Características urbanísticas do entorno dos domicílios', feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) com base no Censo 2010 e divulgado ontem. A capital paraense aparece na última colocação dos rankings de oito dos dez critérios utilizados pelo instituto. No mais preocupante deles, Belém surge como a cidade do País, com mais de um milhão de habitantes, com o pior índice de esgoto a céu aberto no entorno de residências com quadras definidas.

    O estudo mostra que 44,5% dos domicílios particulares de Belém possuem esgoto a céu aberto. Considerando a análise de toda a Região Metropolitana, esse percentual sobe para 47,6%. Enquanto isso, a média nacional é de 11%. Como comparativo, São Luís, no Maranhão, que apresenta o segundo pior cenário entre os 15 municípios com mais de um milhão de habitantes, possui 33,9% dos domicílios nessa situação. Já Goiânia e Belo Horizonte, com os melhores índices, registraram os percentuais de 0,5% e 1,4%, respectivamente.

    O número de lixo acumulado nos logradouros da cidade também chama atenção em Belém, que, novamente, surge como o panorama mais negativo do País. Enquanto a média nacional foi de 5%, Belém registrou 10,4% das casas com lixo acumulado - 9,7% em toda a região metropolitana. Fortaleza, apresentou o segundo pior quadro, com proporção de 7,7%; seguida por São Luís (6,3%) e Manaus (6,3%). Novamente, as menores incidências foram apontadas na capitais goiana (2,6%) e mineira (2,8%).

    O levantamento revela ainda que Belém, no coração da Amazônia, é a cidade com mais de um milhão de habitantes menos arborizada do País. A média nacional apontou 68% e a capital paraense ficou em 22,4%. Manaus, também no meio da floresta, indicou um dos piores índices de arborização, apenas 25,1%. Na outra ponta se destacaram Goiânia, com 89,5%, e Campinas, com 88,4%.

    A capital paraense registrou ainda baixos percentuais na identificação dos logradouros. Apenas 35,5% das casas pesquisadas em Belém tinham identificação, bem distante do índice nacional que apontou quase o dobro: 60,5%. Além disso, enquanto 81,7% dos domicílios tinham pavimentação no entorno, esse número caia para 69,6% em Belém. Em relação ao item iluminação pública, apesar de parecer alto o índice de 93,7% na capital paraense, ele aparece como o mais baixo do País. A média nacional é de 96,3%.

    As únicas categorias nas quais a capital paraense não se destaca negativamente é “rampa para cadeirantes”, onde aparece na 10ª posição entre 15 cidades com mais de 1 milhão de habitantes, e incidência de bueiros/bocas de lobo, onde surge na sétima posição. De acordo com o Censo 2010, a incidência de rampas é muito baixa, da ordem de 2,7%, mas ainda está em condição mais satisfatória do que Fortaleza (1,6%), São Luís (1,9%), Salvador (2,2%), Guarulhos (2,4%) e Manaus (2,5%). O maior contraste a esses percentuais foi observado em Porto Alegre, cujo índice chega a 23,3%. Já a incidência de bueiros ou boca de lobo nas quadras, fundamentais para o escoamento da água das chuvas, ficou em 53,2%, superior ao índice nacional que registrou 41,5%. A melhor marca foi apontada no Rio de Janeiro (84,6%) e
    a pior em Fortaleza (16,5%).

    Na avaliação de Wasmália Bivar, presidente do IBGE, o desempenho negativo da cidade de Belém, em comparação as boas avaliações de Goiânia e Belo Horizonte, deflagram as diferenças socioeconômicas que ainda persistem. “Existem desigualdades sociais em relação a logradouros com esgoto a céu aberto entre essas cidades. As desigualdades regionais são fruto das  desigualdades socioeconômicas. Podemos associar nível de renda, idade dos moradores e oferta de serviços públicos a essas características pesquisadas”, destacou. “O Centro-Oeste tem Estados menores e o Distrito Federal, que foi planejado. As cidades planejadas [como Goiânia e Belo Horizonte] se beneficiaram deste planejamento em infraestrutura. Essa é a importância do planejamento urbano para as políticas públicas das cidades”.

    Fonte: O Liberal

    Programação musical celebra os 19 anos da Uepa



    Programação especial  de música no Espaço São José Liberto/ Polo Joalheiro marca domingo (27), a partir das 16 horas, os 19 anos de criação da Universidade do Estado do Pará (Uepa). O evento está integrado às comemorações pelos 15 anos do curso de bacharelado em música da Fundação Carlos Gomes, realizado em parceria com a Uepa, sob a coordenação de Jonathas Miranda, também responsável pelo evento.

    Além das apresentações de música dos alunos do bacharelado em música, resultado de convênio entre a fundação e a universidade, quem visitar o São José Liberto no domingo também receberá mais informações sobre o curso em um estande montado no local. Segundo Dione Colares, professora da Uepa, o objetivo é esclarecer dúvidas de jovens e pessoas interessadas em saber mais sobre o que a graduação em música oferece, e até mesmo sobre a diferença entre um curso de graduação e um de licenciatura – a Uepa oferece também a licenciatura em música.

    As apresentações acontecem no Coliseu das Artes, a arena cultural do São José Liberto, que também abriga a Casa do Artesão, onde estará montado o estande. Da programação fazem parte os grupos Latim Jazz, Valdirene e a Orquestra de Choro Uirapuru.

    O Latim Jazz, criado há três anos, é formado por alunos e ex-alunos da Uepa e da Universidade Federal do Pará (UFPA), que executam composições próprias e de outros autores. O Valdirene tem alunos do bacharelado em música da Fundação, entre eles Almirzinho Gabriel, Odília Santana e Bianca Menezes, todos músicos experientes.

    A outra atração, a Orquestra de Choro Uirapuru, criada em 1999, é composta por professores da Fundação Carlos Gomes e outros convidados, com regência de Cizinho Pamplona, professor da instituição.

    Serviço: Programação musical comemorativa aos 19 anos de criação da Uepa. Domingo (27), a partir das 16 horas, no Coliseu das Artes do Espaço São José Liberto/ Polo Joalheiro, localizado na Praça Amazonas, s/n, bairro Jurunas. Entrada franca. 

    Fonte:(Agência Pará)

    sexta-feira, 25 de maio de 2012

    Unama divulga hoje listão de aprovados no vestibular



    A Universidade da Amazônia (Unama) divulga hoje o listão dos aprovados no segundo processo seletivo deste ano. A partir das 9h a relação de candidatos pode ser consultada no Portal da Unama (www.unama.br) e os nomes serão transmitidos pela Rádio Unama FM, cujo prefixo é 105.5.

    Ao todo, 3.075 pessoas se inscreveram para disputar as 1.300 vagas ofertadas entre 25 cursos. O curso de Direito foi o mais concorrido, com média de 30,34 candidatos por vaga, seguido por Engenharia Civil (6,76), Arquitetura e Urbanismo (3,90), Enfermagem (3,02) e Fonoaudiologia (2,53). No geral, a média do vestibular ficou em 2,36 candidatos por vaga.

    A prova, no último dia 20, teve 40 questões objetivas das disciplinas do ensino médio e uma redação, valendo 200 pontos (100 para a redação e 100 para as questões objetivas). Dos 3.075 inscritos, 307 foram eliminados por falta, o que corresponde a 10% do total.

    Fonte: O Liberal

    Edital do Enem 2012 é divulgado; inscrições começam na segunda


    O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou na edição desta sexta-feira (25)  do "Diário Oficial da União" o edital com as regras do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012. O exame será realizado nos dias 3 e 4 de novembro.
    Segundo o Inep, órgão que é vinculado ao MEC e responsável pela realização do exame, a expectativa é que 6 milhões de pessoas se inscrevam para fazer o Enem 2012. Veja abaixo as principais regras sobre a próxima edição do exame:

    Inscrição
    As inscrições para o Enem serão abertas às 10h desta segunda-feira (28) e poderão ser feitas até as 23h59 do dia 15 de junho no site do Enem. O valor da taxa de inscrição será de R$ 35. Ela poderá ser paga via boleto até 20 de junho. No ato de inscrição é emitida uma guia para ser paga em uma agência bancária até o dia 20 de junho.

    A isenção do pagamento da taxa pode ser feita por meio do sistema de inscrição e é conferida ao aluno que vai concluir o ensino médio em 2012 em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar ou a estudantes que se declaram membros de família de baixa renda ou em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Para isso, deverá apresentar documentos que comprovem sua condição. Os documentos serão analisados pelo Inep, que poderá negar a isenção.

    No ato de inscrição, o candidato deve fornecer o número de Cadastro de Pessoa Física (CPF) e o seu número do documento de identidade (RG). Estudantes com necessidades especiais deverão informar no ato da inscrição sua situação. O Inep oferece provas diferenciadas, intérpretes e salas de aula e mobiliários acessíveis. Estudantes que estão internados e recebem aulas dentro do hospital poderão realizar a prova no próprio hospital, desde que indiquem a necessidade na inscrição.

    Quem for usar o Enem para obter a certificação de conclusão do ensino médio deverá indicar uma das instituições certificadoras que estará autorizada a receber seus dados cadastrais e resultados. Para receber a certificação, é necessário tirar nota mínima de 450 nas quatro provas e 500 na redação.

    O edital indica ainda que cabe ao candidato verificar no sistema do Inep se a inscrição foi concluída com sucesso. Que não for isento deverá acompanhar a confirmação do pagamento da taxa. O candidato deverá guardar número da inscrição e a senha. Elas são indispensáveis para todo o processo do Enem, como inscrição, realização da prova, obtenção dos resultados e participação no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona os alunos melhores classificados no Enem para vagas em universidades públicas cadastradas.
     Também será usado nos programas de bolsa de estudos (Prouni) e de financiamento estudantil (Fies), entre outros programas do Ministério da Educação, como o Ciência sem Fronteiras. O Comprovante da Inscrição estará disponível no http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricao.

    As provas
    O Enem será realizado nos dias 3 e 4 de novembro. O exame tem quatro provas objetivas, cada uma com 45 questões de múltipla escolha e uma redação. As provas vão tratar de quatro áreas de conhecimento do ensino médio.

    Para a realização, das provas o candidato deverá usar somente caneta com tinta esferográfica preta e feita com material transparente.
    As provas terão início às 13h (horário de Brasília). No dia 3 de novembro, os candidatos farão as provas de ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias, até as 17h30. No dia 4 serão realizadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática e suas tecnologias, que terminarão às 18h30. O candidato só pode entregar o gabarito e deixar a sala após duas horas de prova. Para levar o caderno de questões, é necessário esperar na sala até que faltem 30 minutos para o fim da prova.

    O Inep recomenda que os candidatos cheguem ao local de prova ao meio-dia (horário de Brasília). É obrigatória a apresentação de documento de identificação original com foto para a realização das provas. Quem não tiver o documento deverá apresentar boletim de ocorrência emitido no máximo 90 dias antes da data da prova e se submeter a uma identificação especial e preenchimento de formulário próprio.

    Conferência dos dados
    Antes de iniciar as provas, de acordo com o edital, o candidato deverá verificar se o seu caderno de questões contém a quantidade de questões indicadas no seu cartão-resposta e contém qualquer defeito gráfico que impossibilite a resposta às questões. O estudante deverá ler e conferir todas as informações registradas no caderno de questões, no cartão-resposta, na folha de redação, na lista de presença e demais documentos do exame.

    Se notar alguma coisa errada, o candidato deverá imediatamente comunicar ao aplicador de sua sala para que ele tome as providências cabíveis no momento da aplicação da prova.
    Segundo o edital, a capa do caderno de questões possui informações sobre a cor do mesmo e uma frase em destaque, e caberá obrigatoriamente ao candidato marcar nos cartões-resposta, a opção correspondente à cor da capa do caderno de questões; transcrever nos cartões-resposta a frase apresentada na capa de seu caderno de questões. As respostas das provas objetivas e o texto da redação do deverão ser transcritos, com caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente, nos respectivos cartões-resposta e folha de redação, que deverão ser entregues ao aplicador ao terminar o exame.

    O que não pode
    O edital proíbe ao candidato, sob pena de eliminação, falar com outros candidatos, usar lápis, lapiseira, borracha, livros, manuais, impressos, anotações, óculos escuros, calculadora, agendas eletrônicas, celulares, smartphones, tablets, ipod, gravadores, pen drive, mp3 ou similar, relógio ou qualquer receptor ou transmissor de dados e mensagens.

    Todos os pertences que não sejam a caneta azul de material transparente e o documento de identificação deverão ser guardados em um porta-objetos com lacre, que deverá ficar embaixo da carteira do candidato e só poderá ser reaberto após a saída dele da sala de prova.

    A redação
    O sistema de correção do Enem sofreu mudanças em 2012. A partir deste ano, a redação será corrigida por dois corretores de forma independente, sem que um conheça a nota atribuída pelo outro. A nota final é composta de cinco notas, que avaliam competências específicas do candidato.

    A nota final corresponde à média aritmética simples das notas atribuídas pelos dois corretores. Caso haja discrepância de 200 pontos ou mais na nota final atribuída pelos corretores (em uma escala de 0 a 1.000), ou de 80 pontos ou mais em pelo menos uma das competências, a redação passará por um terceiro corretor, em um mecanismo que o Inep chama de "recurso de oficio".

    Se a discrepância persistir, uma banca certificadora composta por três avaliadores examinará a prova. Os candidatos poderão solicitar vistas da correção, porém não poderão pedir a revisão da nota.
    Será atribuída nota zero à redação: que não atender a proposta solicitada ou que possua outra estrutura textual que não seja a do tipo dissertativo-argumentativo; sem texto escrito na folha de redação, que será considerada "em branco"; com até sete linhas, qualquer que seja o conteúdo, que configurará "texto insuficiente"; linhas com cópia dos textos motivadores apresentados no caderno de questões serão desconsideradas para efeito de correção e de contagem do mínimo de linhas; com impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação, que será considerada "anulada".

    Os resultados
    Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados no site http://www.inep.gov.br/enem no dia 7 de novembro. Os candidatos poderão acessar os resultados individuais do Enem 2011 a partir de 28 de dezembro, mediante inserção do número de inscrição e senha ou CPF e senha no endereço eletrônico http://sistemasenem2.inep.gov.br/.

    O Inep diz que a utilização dos resultados individuais do Enem para fins de certificação, seleção, classificação ou premiação não é de responsabilidade do órgão, mas das entidades às quais os dados serão informados pelo candidato.

    O Inep não fornecerá atestados, certificados ou certidões relativas à classificação ou nota dos candidatos. De acordo com a portaria publicada no "Diário Oficial", a inscrição do participante implica a aceitação das disposições, diretrizes e procedimentos para a edição do Enem contidas no edital. Para os adultos submetidos a penas privativas de liberdade e adolescentes sob medidas socioeducativas, que incluam privação de liberdade, haverá um edital para o processo de inscrição específico. 

    Fonte:(DOL, com informações do G1)

    MPF denuncia 10 por fraude de R$ 1,5 milhão na Sesma


    O Ministério Público Federal denunciou à Justiça Federal, nesta quinta-feira (24), dez pessoas envolvidas em fraudes de licitações da Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma) ocorridas em 2009.

    O atual secretário de administração da capital paraense, Alan Dionísio Leão de Sales, e os proprietários-administradores das empresas Artfio Ltda, Hospfar Ltda, Cristalfarma Ltda, Comércio e Representações Prado Ltda e F. Cardoso & Cia. Ltda (Shopping da Saúde) foram denunciados por fraude ao caráter competitivo da licitação, elevação arbitrária dos preços e peculato.

    A denúncia é assinada pelos procuradores da República Igor Nery Figueiredo, André Sampaio Viana e Ubiratan Cazetta e trata de licitação ocorrida para compra de produtos hospitalares para a rede municipal de saúde. A fraude passa de R$ 1,5 milhão e os acusados podem ser condenados a penas que variam de 2 a 22 anos de prisão, além de multa.

    Entenda - As fraudes foram detectadas pela Controladoria-Geral da União depois de busca e apreensão pedida pelo MPF em junho de 2010 nas dependências da Secretaria de Saúde de Belém, que coletou centenas de documentos e computadores relativos a licitações fraudulentas. O caso da licitação de insumos hospitalares é a terceira fraude denunciada à Justiça Federal com base na análise desses documentos apreendidos.

    De acordo com a denúncia, a licitação foi direcionada criminosamente por Alan Dionísio Leão Sales para a vitória das empresas envolvidas no esquema, com preços superestimados e superfaturados causando um prejuízo total ao tesouro público de mais de R$ 1,5 milhão.

    A CGU comparou 51 itens da lista de materiais licitados - luvas cirúrgicas, bolsas de colostomia, aventais, lençóis descartáveis, por exemplo – e constatou que os preços pagos pela Sesma eram 80,32% maiores do que os praticados no mercado. Não bastassem os preços superestimados, o presidente da comissão de licitação ainda manobrou para que vencessem as propostas mais caras, com superfaturamento que somou, de acordo com a CGU, R$ 1 milhão e 586 mil.

    Para garantir a vitória das empresas envolvidas no esquema, Alan Dionísio fez constar exigências abusivas no edital da licitação, restringindo o caráter competitivo e a participação de outras empresas. As próprias Artfio, Hospfar, Cristalfarma, Prado e F. Cardoso não conseguiram cumprir as exigências abusivas, assim como várias outras que constavam no edital, mas o presidente da comissão as declarou vencedoras mesmo assim, dispensando-as arbitrariamente de cumprir o que havia sido exigido das outras licitantes

    Em um dos pontos mais graves da fraude, Alan Dionísio dispensou a empresa Hospfar de oferecer o preço pedido pela Sesma – e já superfaturado – para o fornecimento de bolsas de colostomia. A Sesma taxou em R$ 95 cada pacote de bolsas, cerca de R$ 20 mais caro que o preço de mercado. E o pregoeiro decretou a vitória da Hospfar na licitação, com um preço de R$ 160 por pacote, num contrato que chegou a R$ 800 mil, R$ 425 mil mais caro do que estava previsto.

    A ação ainda não tem numeração processual, mas tramitará na 3a. Vara da Justiça Federal em Belém.


    Fonte: Portal ORM
     Com informações do MPF

    Cinema e direitos humanos em debate


    O cineasta Luís Carlos Alencar estará em Belém hoje e amanhã para participar da exibição e debate sobre dois de seus filmes: “Bombadeira”, que retrata o universo das transexuais que transformam o corpo com aplicações clandestinas de silicone, e “Fragmentos deMindelo”, que aborda a vida social e cultural em Mindelo, no Cabo Verde (África), um dos países mais pobres do mundo. Esta última produção é assinada por Luís Carlos juntamente com outros cinco realizadores.

    Luís Carlos é pós-graduado em Audiovisual e Cinema e atua na área de cinema e direitos humanos desde 2000. Possui produções filmográficas exibidas e premiadas em diversos festivais e também já foi membro da comissão de avaliação da Seleção Pública de Projetos Sociais da Petrobrás.

    Em Belém, o Café com Direitos Humanos, cineclube da Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos (SDDH), exibe pela primeira vez o “Fragmentos de Mindelo”, na próxima sexta-feira (25). No sábado (26), o Café exibe mais uma vez o doc “Bombadeira”. A programação é parte das atividades de 35 anos da SDDH, comemorados no próximo mês de agosto.

    Nesses eventos, a SDDH conta com a parceria do Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros (CNC), da Federação Paraense de Cineclubes (Paracine) e da Rede de Cineclubes em Terreiros da Zona Metropolitana de Belém. A exibição é aberta a todos os públicos. 

    Fonte:(Diário do Pará)

    Terceiro Encontro Nacional de Blogueiros começa nesta sexta


    Quatrocentos e vinte e seis ativistas da rede se inscreveram para participar do 3º Encontro Nacional de Blogueiros (BlogProg), que acontece entre hoje (25) e domingo (27), em Salvador (BA), no Hotel Sol Bahia. O número de inscritos supera a meta dos organizadores, que era de 400 participantes. O BlogProg é organizado pelo Centro de Estudos de Mídia Alternativa Barão de Itararé.





    Segundo a comissão nacional organizadora do evento, o 3º BlogProg terá dois eixos básicos: a defesa da liberdade de expressão e da blogosfera, alvo de intensos ataques no último período; e a luta pela democratização da comunicação, com a deflagração de um debate democrático na sociedade sobre o novo marco regulatório do setor.

    Marco Civil da Internet

    O Encontro de Blogueiros erá palco de uma das diversas audiências públicas em torno do Marco Civil da Internet, documento que deverá balizar a discussão de todos os temas relacionados à Internet no país. No sábado (26), às 14h30, debatedores e deputados discutirão Liberdade de Expressão e Potencial de Inovação da Internet. A audiência é parte de uma série de debates que vem sendo realizada em diversos estados brasileiros.

    Programação completa do Encontro

    25 de maio, sexta-feira

    15 horas – Reunião da comissão nacional organizadora;

    17 horas – Início do credenciamento

    18 horas – Abertura do III BlogProg e ato político em defesa da blogosfera e da liberdade de expressão;

    19 horas – Debate: Nas redes e nas ruas pela democratização da comunicação

    - Franklin Martins – ex-ministro da Secretaria de Comunicação do governo Lula;

    - Emiliano José – Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão e Direito à Comunicação (Frentecom);

    - Rosane Bertotti – coordenadora do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC);

    - Robinson Almeida – secretário de Comunicação Social do Governo da Bahia;

    - Barbara Lopes – Blogueiras feministas;

    26 de maio, sábado

    9 horas – Em defesa da blogosfera e da liberdade expressão: – Paulo Henrique Amorim (SP); – Lucio Flavio Pinto (PA); – Emílio Gusmão (BA); – Esmael Moraes (PR); 11 horas – Mídia e blogosfera: experiências internacionais: – Ignácio Ramonet (Le Monde Diplomatique – França); – Andres Thomas Conteris (Democracy Now e Ocuppy Wall Street – EUA); – Osvaldo Leon (Agência Latinoamericana de Informação – Equador); – Iroel Sanchez (Blog La Pupila Insomne – Cuba);

    14h30 – Mesas autogestionadas simultâneas

    1- A batalha pelo marco civil da internet (responsável: Renata Mielli) – João Arruda (deputado federal do PMDB/PR e presidente da comissão que analisa o projeto); – Jandira Feghali (deputada federal do PCdoB/RJ e integrante da comissão) – Sérgio Amadeu (integrante do Comitê Gestor da Internet); – Renata Mielli (diretora do Centro de Estudos Barão de Itararé);

    2- Estado laico, religião e diversidade na mídia (responsável: Daniel Dantas Lemos): – Pastor Marcos Dornel; – Jean Wyllys – deputado federal do PSOL/RJ;

    - Pastor Marcos Monteiro;

    3- Direito de resposta e o novo marco regulatório. (Responsável: Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação)

    4- Cobertura política sem sexismo (responsável: blogueiras feministas);

    - Bárbara Lopes;

    - Marília Moschkovich;

    - Maíra Kubik Mano;

    - Tâmara Freire;

    5- Liberdade de expressão e direitos humanos (responsável: Tiago Aguiar);

    - Adriana Amorim;

    - Marcelo Barreto;

    - Tiago Aguiar

    * Exibição do documentário “Gente de ferro e de flor”

    16h30 – Mesas autogestionadas simultâneas

    6- A mídia e as eleições na Venezuela (responsável: Igor Felippe): – João Pedro Stedile (coordenação do MST); – Maximilien Arvelaiz (embaixador da Venezuela no Brasil); – Fernando Moraes (Jornalista); – Eric Nepomuceno (Jornalista);

    7- A viabilidade de um jornal diário (responsável: Sérgio Telles) – Paulo Salvador – Rede Brasil Atual; – Claudia de Abreu – (Sindipetro do Rio de Janeiro); – Vito Giannotti – Núcleo Piratininga de Comunicação;

    - Paulo de Tarso (Federação dos Bancários do Espírito Santo);

    8- Oficina prática de WordPress (responsável: Tatiane Pires);

    9- Redes sociais e subjetividade (Responsável: Conselho Federal de Psicologia);

    - Marilda Castelar (CPF);

    - Roseli Goffman (CPF e FNDC).

    10- Cinema autogestionado (responsável: Carlos Pronzato);

    18 horas – Apresentação e debate sobre Associação de Apoio Jurídico à Blogosfera:

    - Rodrigo Sérvulo e Rodrigo Vianna;

    19 horas – Lançamento oficial do Blogoosfero –plataforma livre e segura para a blogosfera e redes sociais;

    Responsáveis: Fundação Blogoosfero, Colivre, TIE-Brasil e Paraná Blogs;

    27 de maio, domingo:

    9 horas – Reuniões em grupo – troca de experiência, balanço da blogosfera e desafios futuros;

    11 horas – Plenária final – aprovação da Carta de Salvador e eleição da nova comissão nacional;

    14 horas – Primeira reunião da comissão nacional eleita.


    Serviço:
    III BlogProg
    Data: 25, 26 e 27 de maio
    Local: Hotel Sol Bahia (Rua Manuel Antônio Galvão, 1075, Patamares, a 12 quilômetros do aeroporto), em Salvador, BA
    Inscrições e informações: http://www.baraodeitarare.org.br/






     

    Fonte: Vermelho
    com informações do Centro de Estudos de Mídia Alternativa Barão de Itararé

    quinta-feira, 24 de maio de 2012

    Ato lembra morte de extrativistas em Nova Ipixuna



    Várias entidades e movimentos sociais participam na manhã de hoje, no município de Nova Ipixuna, de um ato público que irá lembrar um ano da morte do casal de extrativistas José Claudio Ribeiro e Maria do Espírito Santo, vítimas de uma emboscada na manhã do dia 24 de maio do ano passado, em uma estrada vicinal que dá acesso ao Projeto de Assentamento Praialta Piranheira, situado na zona rural do município. Para reviver a memória e luta do casal, exigir a punição dos responsáveis pelo crime e segurança das lideranças que atuam no assentamento, a Associação do Assentamento, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Nova Ipixuna, a Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetagri) regional e a Comissão Pastoral da Terra (CPT) de Marabá, vão realizar um ato público no local onde o casal foi assassinado.

    No dia do crime, José Cláudio e Maria do Espírito Santo se dirigiam de moto para a sede do município, localizada a 45 km do assentamento quando, ao passarem por uma ponte em péssimas condições de trafegabilidade, foram alvejados com vários tiros de escopeta e revólver calibre 38, disparados por dois pistoleiros que se encontravam de tocaia dentro do mato na cabeceira da ponte. Os dois ambientalistas tiveram morte instantânea, sendo que os pistoleiros ainda cortaram uma das orelhas de José Cláudio e a levaram como prova do crime. Dois meses mais tarde, a polícia civil paraense conseguiu prender os envolvidos no crime.

    Na tarde de ontem, a CPT divulgou uma nota lamentando que o Tribunal de Justiça do Pará ainda não tenha marcado a data do julgamento dos envolvidos no crime. No documento, a CPT afirma que gravações telefônicas autorizadas pela Justiça apontam a existência de mais pessoas envolvidas no duplo assassinato. 'Genivaldo Oliveira Santos, o Gilsão, e Gilvan, proprietários de terras no interior do assentamento Praialta Piranheira, também teriam participação no crime. José Rodrigues, antes de ser preso, em conversa com seu irmão de nome Dedé, pediu para o mesmo pressionar os dois a contratar advogados para fazer sua defesa, caso contrário os denunciaria', afirma a nota da CPT.

    A CPT afirma, ainda, que após os assassinatos a região foi esquecida pelas autoridades. 'Como não acontecem ações repressivas, pouco a pouco os madeireiros estão retornando para a região'. A CPT ressalta que foi retirada a proteção da Força Nacional e que o Programa Federal de Proteção a Defensores de Direitos Humanos continua sem recursos suficientes para garantir a segurança dos ameaçados de morte. 'A professora Laísa Sampaio, irmã de Maria do Espírito Santo, continua residindo no interior do assentamento, recebendo ameaças e sem nenhuma proteção', denuncia a coordenação da Comissão Pastoral da Terra.

    Fonte: Portal ORM

    Servidores fazem protesto em frente à Prefeitura


    Servidores fazem protesto em frente à Prefeitura (Foto: Ney Marcondes)
    (Foto: Ney Marcondes)

    Os servidores do município de Belém  ligados às áreas de educação, saúde e serviço social fazem hoje, quinta-feira (24), ato público em frente à Prefeitura. A manifestação está marcada para as 9h, em frente ao Palácio Antônio Lemos. Os servidores esperam ser recebidos pelo prefeito Duciomar Costa, em audiência. Eles reivindicam, além da inflação do período, reposição de 6% referente a “perdas históricas”, o que corresponde a um aumento real, acima da inflação, e aumento do tíquete alimentação para R$ 300 (hoje varia de E$ 120 a R$ 200), além de melhores condições de trabalho. Os professores, em particular, reivindicam o pagamento do piso nacional da categoria de R$ 1.451,00.

    O secretário de Comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Pará (Sintepp), Antônio Neto, diz que agora a luta é pela implantação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração. “O Plano de Carreira que estabeleça uma valorização dos profissionais é um ponto crucial neste debate”. Segundo o diretor do Sintepp, hoje 60% dos funcionários da educação são temporários “e esse prefeito não quer fazer concurso”. Ainda assim ele espera que 70% das escolas paralisem suas atividades por conta da manifestação. Além do Sintepp, também participam da organização do ato de protesto a Associação dos Funcionários da Fundação Papa João XXII (Asfunpapa) e do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde Pública (Sintesp).


    Fonte:(Diário do Pará)

    STJD suspende início das Séries C e D


    O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) anunciou nesta quarta-feira a suspensão do início das Séries C e D do Campeonato Brasileiro, que aconteceria no próximo fim de semana. O presidente da entidade, Rubens Approbato, aceitou pedido de liminar do Santo André para que as competições só comecem quando houver uma decisão definitiva das brigas judiciais envolvendo o próprio clube, Treze-PB, Rio Branco-AC, Brasil de Pelotas-RS e Araguaína-TO.

    Uma das principais preocupações de Approbato é com o fato de Brasil, Rio Branco e Treze terem entrado na Justiça comum. Segundo a legislação da Fifa, os três clubes podem ser desfiliados. “A soberania de cada país pode editar normas a respeito de matéria desportiva. Mas se essas normas forem contrárias às da Fifa, a entidadepode, sem ferir a soberania do país, desfiliar o clube”, explicou.

    A primeira batalha jurídica é entre Brasil e Santo André. O time gaúcho perdeu seis pontos na temporada passada pela escalação irregular do lateral-direito Claudio. A decisão do STJD beneficiou os paulistas, que se livraram do rebaixamento.

    Para inverter a situação, o clube de Pelotas acionou a Justiça comum antes de se esgotarem as instâncias na esfera esportiva, o que é proibido pela Fifa. No início do mês, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ/RS) determinou que o clube fosse incluído imediatamente na competição sob pena de multa diária de R$ 100 mil.

    A outra briga envolve três clubes: Treze, Araguaína e Rio Branco. Tudo começou no ano passado, quando o clube acreano acionou a Justiça comum para liberar a Arena da Floresta, então interditada. Por conta disso, acabou punido com o rebaixamento. No entanto, após um acordo jurídico o time do Norte reconquistou o direito de disputar a Série C.

    Este fato desagradou tanto o Treze, quinto colocado na Série D de 2011, como o Araguaína, que acabou rebaixado no lugar. O clube paraibano, então, na última sexta-feira, confirmou na Justiça da Paraíba, por meio de uma liminar, a presença do Treze na Terceira Divisão. Mas sua inclusão não está homologada pela CBF.
     (Agência Estado)

    FPF diz que decisão foi sensata
    A Federação Paraense de Futebol (FPF) está em pleno acordo com a decisão. Para José Ângelo Miranda, vice-presidente da FPF, o STJD agiu “da forma mais coerente”, pois evita que a competição seja paralisada em pleno andamento, como ocorreu recentemente, em 2011, na Terceira Divisão, inclusive prejudicando o Paysandu, um de seus filados.


    Fonte: Diário Online